Início > festa e manifestações populares, sessão 5, [3] comunicações orais > Andanças e festas noturnas: dinâmica no meio evangélico brasileiro

Andanças e festas noturnas: dinâmica no meio evangélico brasileiro

28/01/2010

Márcia Leitão Pinheiro
doutora em sociologia e antropologia
Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro

resumo Ao considerar a dinâmica religiosa que caracteriza a sociedade contemporânea, com o registro de expressões que decorrem de alterações e (re) apresentações de antigos e novos rituais, entende-se que as reflexões sobre festa e rituais contribuem para compreender essas transformações religiosas. Será dado destaque a um tipo de atividade encontrada no meio evangélico brasileiro e que ocorre em diversas cidades do país. Específicos fazeres e experiências juvenis são constitutivos do encontro musical noturno, sendo realizado nos finais de semana, em clubes e boates, contribuindo para reunir freqüentadores de diversas igrejas e áreas da cidade. A “festa” – conforme designação corrente no meio investigado – é caracterizada por experimentos sonoros, danças, jogos, brincadeiras e orações. A atividade explicita rupturas, bem como deslocamentos espaciais e simbólicos exercitados por seus integrantes, bem como uma concepção de corpo e de sagrado. A partir da descrição etnográfica, pretende-se discutir como a “festa” integra e revela um modo de sociabilidade juvenil e da dinâmica do pertencimento religioso.

trabalho completo [indisponível]

%d bloggers like this: