Início > festa e manifestações populares, sessão 2, [3] comunicações orais > Folias do Divino: um cortejo em performance ritual

Folias do Divino: um cortejo em performance ritual

28/01/2010

Jorge das Graças Veloso
doutor em artes cênicas
Universidade de Brasília

resumo Trata-se este de um estudo sobre o que poderiam ser definidos como invenção performática de novas práticas tradicionais em ritos espetaculares religiosos no entorno do Distrito Federal. Partindo de reflexões advindas dos processos de retradicionalização, são localizados, nesse ambiente, vários movimentos de criação de novas performances rituais, ou mesmo de re-significação de outras, antes consideradas extintas. Desdobramento das pesquisas concluídas em 2005, com a defesa da tese A Visita do Divino, é esta comunicação um debruçar-se sobre a criação de uma nova Folia do Divino Espírito Santo, no meio rural de Novo Gama – GO., a 30 km de Brasília. Este ritual segue os moldes da “recriação” das cavalhadas, não praticadas desde o início do Séc. XX, e da implantação de uma Procissão do Fogaréu, ambas em Luziânia, município também visinho ao DF. A Folia do Divino da Fazenda Choramar obedece aos mesmos princípios de um cortejo que, em procissões e evoluções espetaculares, vai de morada em morada até completar um giro de 360 graus, por dezenas de quilômetros, durante três dias. Ali, seus participantes, montados em seus cavalos, levam suas orações, seu espetáculo e sua fé, traduzidos em performance, individual e coletiva, em troca de pouso, comida e bebida, donativos ao santo e espaço para suas festas.

trabalho completo [clique aqui]

%d bloggers like this: