Início > artes do espetáculo, [3] comunicações orais > Máscara Neutra: devires e virtualizações

Máscara Neutra: devires e virtualizações

28/01/2010

Rodrigo Cardoso Scalari
mestrando em artes
Programa de Pós-graduação em Artes | Universidade Estadual de Campinas

resumo Realizo aqui uma reflexão sobre possíveis relações que o trabalho da Máscara Neutra de Jacques Lecoq pode estabelecer com os conceitos de Virtual e Devir nas acepções dadas por Pierre Levy e Gilles Deleuze. A fim de exercer tais ligações, utilizo de minha experiência pragmática com a técnica, dos escritos de Jacques Lecoq, de escritos sobre a técnica e dos conceitos dos filósofos já referidos. Sob a máscara neutra, o ator é convidado a entrar numa zona de despersonalização onde não só caracteres de sua individualidade como sua própria humanidade antropomórfica devem virtualmente desaparecer para dar vazão a devires não humanos. O corpo do ator transmuta-se em corpo-mar, corpo-vento, corpo-adeus, tendo sua humanidade atual rodeada por virtuais que concretizam imagens-sensações naqueles que observam o ator. Este artigo está relacionado com parte da pesquisa de mestrado deste autor, em andamento no Programa de Pós-graduação em Artes da Unicamp sob orientação do Prof. Dr. Matteo Bonfitto.

 trabalho completo [indisponível]

%d bloggers like this: