Início > festa e manifestações populares, sessão 4, [3] comunicações orais > Mestre Dado e Deusa Minerva: uma performance de umbigada

Mestre Dado e Deusa Minerva: uma performance de umbigada

28/01/2010

Eleonora Gabriel
mestre em ciência da arte
coordenadora da Companhia Folclórica do Rio
Universidade Federal do Rio de Janeiro
Frank Wilson Roberto
mestre em informática da educação
coordenador da Companhia Folclórica do Rio
Universidade Federal do Rio de Janeiro

resumo A Companhia Folclórica do Rio-UFRJ há vinte e três anos tem a missão e muito prazer de levar à UFRJ a sabedoria popular. Realizamos o evento Encontro com Mestres Populares na UFRJ, com o objetivo de trazer para dentro do campus, grupos folclóricos. Muita festa e, também, oficinas, discussões e confecção coletiva de carta-documento com reivindicações. Já participaram vários grupos, dentre eles, o Batuque de Umbigada de Piracicaba, Tietê e Capivari,SP. Preenchemos com os convidados um projeto de incentivo do Ministério da Cultura. Nossos amigos batuqueiros foram agraciados com o Prêmio Mestre Duda para as Culturas Populares e construíram o tão sonhado Barracão, um lugar da memória dos ancestrais e brincantes de hoje, um lugar para reunir, preservar e vadiar. Fomos convidados para a inauguração, e fomos. Um encontro, uma umbigada de alteridades que vira diversidade nos corpos de universitários e pedreiros, empregadas domésticas, trabalhadores agrícolas, todos reis e rainhas neste dia. Osvaldo Ferreira Merches, Mestre Dado, será o contador dessa história de umbigada e da performance do Batuque: “Esses meninos todos aqui. Eu me emocionei. O que vocês fizeram por mim, foi tudo de bom”. Será que ele, e o todo grupo, podem imaginar o que aquela vivência estava sendo para nós da UFRJ? O Mestre avisou: “Firma as pernas que nós vamos dançar muito”. E assim foi. Mestre Dado e Deusa Minerva (símbolo da UFRJ) brincaram e brincarão para sempre, numa bem firmada umbigada. Viva essa parceria!

trabalho completo [clique aqui]

%d bloggers like this: