Arquivo

Posts Tagged ‘narrativa’

O palco nas lentes fotográficas: reflexões sobre a construção de narrativas por meio de fotografias de espetáculos teatrais

28/01/2010 Comentários desativados

Francieli Rebelatto
mestranda em ciências sociais
Universidade Federal de Santa Maria

resumo Fotografar espetáculos teatrais foi a maneira como me reencontrei com o teatro, com o palco, e com visões sobre como ser ator e construir narrativas significativas de um texto dramatúrgico. A lente fotográfica é o palco que escolhi para entender a performance de atores, seu envolvimento com o espaço cênico e assim constituir um lugar de construção de novos significados, uma possível leitura sobre o espetáculo que está sendo encenado. Neste sentido, este trabalho se propõe a uma reflexão de como por meio da fotografia – da construção de narrativas fotográficas – os recursos técnicos e conceituais da imagem vem ao encontro do registro do “fazer teatral”. Por meio de procedimentos técnicos da fotografia e da escolha de determinados enquadramentos se constitui um “novo olhar” sobre o espetáculo, assim, outro espaço de enunciação, contido no quadrado fotográfico, é revelado. Além disso, a máquina fotográfica mais do que registrar, recriar, muitas vezes entra no jogo do próprio espetáculo teatral, dialogando com o ator e com sua proposta artística.

 trabalho completo [clique aqui]

Rezando em busca da visão: narrativas e performances rituais no Fogo Sagrado

28/01/2010 Comentários desativados

Aline Ferreira Oliveira
mestranda em antropologia social
Universidade Federal de Santa Catarina

 

resumo Neste trabalho tenho por objetivo retomar a reflexão de como são utilizados diversos meios para produzir uma experiência em relevo em contextos rituais de um movimento espiritual internacional conhecido como Fogo Sagrado ou Caminho Vermelho, em que as narrativas são recursos elementares usados pelos performers que rezam, interpretando suas experiências. Focarei em aspectos estéticos e semânticos das dinâmicas rituais, destacando os “rezos” produzidos no contexto de experiências iniciáticas da “busca da visão” – um retiro de vários dias em jejum na mata, que se dá num evento anual envolvendo rituais como o “temazcal”, uma espécie de sauna, e a “cerimônia de medicina”, em que se usam tabaco, ayahuasca, água e alimentos -, em eventos em que múltiplos meios comunicativos (como variações de luz, espaço, temperatura, cheiros, gostos, sons, ritmos, etc.) são acionados na produção de uma experiência intensificada que envolve o cantar e rezar com a participação ativa de todos os presentes. Nesse contexto, o uso do tabaco estabelece turnos de fala em que os participantes comunicam suas experiências através dos “rezos”: pedidos e agradecimentos num evento narrativo em que a construção de reflexões e a negociação dos significados envolvem dramas, risos, choros, monotonias e intensidades.

 trabalho completo [clique aqui]